Sacolas plásticas feita de amido de mandioca

Preocupados com o meio ambiente, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina conseguem transformar amido de mandioca em sacolas plásticas e bandejas para que possam ser substituidas nos mercados.

Este novo plástico se decompões com mais facilidade na natureza, levando apenas 6 meses quando em condições favoráveis, esta receita leva 60% de polvilho doce, poliéster e glicerol.

Se comprarmos com as sacolas plásticas utilizadas hoje, podemos analisar uma grande vantagem em substitui-las por estas novas sacolas, a sacola que hoje utilizamos demora cerca de 100 anos para se decompor ao contrário desta nova sacola que pode demorar 6 meses para se decmpor na natureza. Agora estes pesquisadores tentam fazer parcerias com empresas privadas para aumentar a produção e poder baratear o custo.

Silvia Regina A. Teixeira

3 comentários:

thiago disse...

Muito bom!!!É isso ai vamos cuidar melhor do meio ambiente!!!atitude,boca aberta e braços cruzados não resolvem nada...

thiago disse...

Muito bom!!!É isso ai vamos cuidar melhor do meio ambiemte!!!atitude,boca aberta e braços cruzados não resolvem nada...

thiago disse...

Claro que este tipo de inovação é muito bem vindo, entretanto devemos ficar atentos pois dependendo da demanda das novas embalagens, pois elas sao feitas de milho e mandioca e isso pode entrar em competição com o abastecimento desses produtos na industria alimenticia , assim como vem acontecendo com a cana-de-açucar na produção de etanol.
Minha duvida é sera que esse novo produto pode ser reciclado ao menos parcialmente?